Ata do Conselho de Centros Acadêmicos da USP – 31/05/14

01 de junho de 2014, 22:23

Compartilhe:

Relatoria do Conselho de Centros Acadêmicos de 31/5/2014 feita pelo CAELL

Presentes: 75 estudantes representando os CA’s:

1. CAFB
2. CAER
3. CAMat
4. XXV DE JANEIRO
5. GUIMA
6. CAPMS
7. CALC
8. CAVC
9. CEN
10. CAELL
11. CEQHR
12. CEC
13. CEE
14. CAHIS
15. CABIO
16. XXXI DE OUTUBRO
17. CAPPF
18. AEQ
19. CMR
20. G-POLI
21. CeUPES
22. CEFISMA

Encaminhamentos

1 – ASSEMBLEIA GERAL DE 4/6/2014 + SISTEMATIZAÇÃO GERAL

a) Aprovado indicativo de que CAs façam assembleias de curso na segunda e na terça (2 e 3/6) para tirar delegados

b) Antes da próxima Assembleia Geral, fazer reunião entre todos os CAs (às 17h)

c) Vamos batalhar para que a Assembleia comece às 18h em ponto

d) A Assembleia Geral não pode acabar às 23h ou depois, CAs têm que informar os estudantes para que se vote e se cumpra um teto; indicativo de teto tirado já no CCA: 22h

e) As Assembleias Gerais não podem acontecer só no vão da História/Geografia, CAs devem sugerir locais para as próximas

f) Comissão de Som: CAELL (microfones), CAVC (duas caixas de som), CEN (mesa de som)

g) Comissão de Imagem e Relatoria: CeUPES + CAF (tela para projetor, projetor em si e relatoria)

h) Comissão de Segurança e Creche: CAELL, GUIMA, CEQHR, CAFB
i) Chamar e organizar homens e mulheres para fazerem a segurança da mesa e do plenário antes de a Assembleia começar
ii) Organizar uma creche para que mães e pais possam participar da Assembleia e votar – HOMENS têm que prioritariamente compor a organização desta creche
iii) Perímetro em volta da mesa será marcado no chão
iv) A Assembleia será feita em outra parte do vão (que não aquela da última vez)
v) Pararemos de contar o tempo de fala quando o plenário não estiver em silêncio
vi) CAs devem sentar e ocupar o espaço em frente à mesa

i) A Assembleia deve começar com uma fala sobre o teto, a creche, o esquema de segurança e a asserção de que casos de machismo, homofobia e quaisquer tipos de violência não serão admitidos (a mesa deve lembrar o plenário sobre o teto durante toda a Assembleia)

j) Mesa: deve ser composta majoritariamente de mulheres; estarão CAELL, CAVC, DCE e CALC nesta

k) Teremos uma hora de informes, uma hora de falas, uma hora de encaminhamentos

l) CAs devem fazer concentração para levar estudantes à Assembleia, para aumentar o quórum

m) Verificar demanda de ajuda financeira para trazer estudantes do Quadrilátero da Saúde, da SanFran, da EACH e dos campi do interior

n) Comissão de Sistematização:
i) Fazer carta de reivindicação para que os CAs que ainda não assinaram a carta tirada no último CCA o façam
ii) Que os CAs divulguem esta carta do CCA aos estudantes
iii) Fazer notas sobre a não-admissão de machismo, homofobia e quaisquer tipos de violência na Assembleia
iv) Que os CAs divulguem aos estudantes as notas ora referidas, redigidas pela Frente Feminista e pelos LGBTTs
v) Pedido para que Zago receba a Comissão de CAs (a ser formada) e o DCE com a carta de reivindicações tirada em CCA: G-POLI e DCE devem providenciar
vi) APG tem papel muito forte no fórum aberto; GT da estatuinte: indicar estudante membro

2 – SEGURANÇA

a) Descobrir quanto de PM temos no campus, de fato

b) Comissão de Segurança da USP: segundo Zago, há uma cadeira para os alunos; indicar aluno para ocupá-la

c) Projeto alternativo de segurança com atenção especial para as mulheres e LGBTTs, gerido pelas três categorias da Universidade: CAs devem levar isso aos estudantes, para além de discutir PM e ocupação dos espaços

d) ECA: CALC vai reestruturar QiB, dada a frequência de roubos e sequestros relâmpago

e) FEA faz evento anual com nome do estudante assassinado em 2011; CAs devem fomentar iniciativas para que se discutam os seguintes pontos:
i) PM não traz segurança (há consenso sobre isso? Por quê? Debater a questão do Pró e do Contra PM, conforme proposto pelo G-POLI)
ii) Principal causa da violência é o fato de a USP ser uma bolha (como trazer negros, negras, comunidade da São Remo e outras circundantes para dentro da Universidade? Como estabelecer diálogo?)
iii) Câmeras: alunos são contra ou a favor?
iv) PM foi criada durante a Ditadura para ser o exército na rua e combater inimigo interno – quantas pessoas têm clareza disso?

f) Proposta de Guarda Universitária com contingente de mulheres

g) Acúmulo de CAs: pensar data para fazer uma síntese de toda a questão

h) Discutir e apresentar aos estudantes debate sobre democratização, que passa pela questão das opressões

i) Comitê de Desmilitarização da Polícia: trazer nomes importantes (Raquel Rolnik, jornalistas etc.) para debater o assunto com os alunos; relembrar reflexos da Ditadura em nossa sociedade (resquícios militares)

j) Pensar num Plebiscito da USP relacionado ao tema e agilizar providências materiais quanto à segurança em si

k) Criar Comissão de Segurança

l) Unificar com UNICAMP para saber como tiraram a PM do campus; como foi a vivência após o fato?

3- FINANCEIRO

a) Dívidas DCE: pede-se que cada CA dê 150 reais; alguns já o fizeram. Os estudantes presentes no CCA de 31/5 devem levar a pauta às gestões que ainda não se posicionaram sobre o assunto e/ou não efetivaram a doação

b) GUIMA propôs que DCE e demais CAs interessados ajudem na organização da festa Fogueira

c) Indicativo de organização da venda de cerveja para toda a USP: hoje não há um esquema e isso facilitaria muito a vida dos CAs

d) Proposta para o segundo semestre: Festival da USP

e) DCE deve encaminhar sua prestação de contas a todos os CAs

f) CALC fez assembleia para discutir sua dívida de cerca de R$ 19.000,00 (dezenove mil reais, sendo dezessete de rombo da gestão anterior + dois mil de prejuízo da última QiB): proposta de cotização de R$ 2,00 (dois reais) por pessoa que participar dos próximos CCAs

g) CAs devem se articular para soltar nota sobre renegociação com o CO

4 – INDICATIVOS PARA O PRÓXIMO CCA

a) Discutir mais profundamente todos os temas elencados e fazer um calendário unificado

b) Indicativo de data para 14/6/2014, sábado

c) Ver onde o CCA poderá ser realizado, se na Saúde Pública, na Medicina ou na Enfermagem

d) Concretizar proposta de rotativizar os CCAs

e) Viabilizar vinda dos CAs do interior e da SanFran (e do Quadrilátero da Saúde, a depender dos novos locais)

5 – CALENDÁRIO GERAL

a) 2 e 3/6: Assembleias de cursos

b) 3/6: Ato Unificado UNESP / Comando de Greve às 18h, no vão da História/Geografia

c) 4/6: Assembleia Geral

d) 5/6: Ato Unificado MTST + Universidades

e) 10/6: Abertura da Copa

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.