Diretor em exercício da Faculdade de Direito renuncia! É a hora e a vez de democracia na USP!

16 de agosto de 2013, 12:15

Compartilhe:

sanfran
Completada uma semana na qual os estudantes do Largo São Francisco estão em greve é anunciada a renúncia do Diretor em exercício da Faculdade de Direito. A greve começou por causa da ineficiência do sistema de matrículas, oriundo de problemas na grade curricular. Os estudantes reivindicam maior flexibilidade e quantidade de optativas, assim como participação na montagem da grade.

O poder dos estudantes decidirem sobre os rumos da universidade sempre foi escamoteado pela estrutura antidemocrática da USP. Os problemas na grade que ocorrem hoje no direito tem uma latente raiz no seio da burocracia universitária, motivo esse que convenceu a todos sobre necessidade da greve. A renúncia do ex-diretor em exercício Paulo Borba Casella é um indicativo de vitória, e a paralização não parará por ele ter caído, mas continuará até que as matriculas sejam aceitas! Agora os estudantes tem de participar da escolha do sucessor! A mobilização do direito é uma inspiração para a luta de toda a universidade por eleições diretas para Reitor e Diretor!

Os estudantes prosseguem em greve após assembleia e irão participar do Grande ato por democracia na USP, que ocorrerá dia 21 as 17h em frente à reitoria! O DCE-Livre da USP convida à tod@s para participar, também, da Assembleia Geral do Estudantes da USP, na terça feira, e do Encontro de Centros Acadêmicos que acontecerá esse fim de semana na Faculdade de Medicina, temático em torno da democracia na universidade.

Pelo deferimento imediato de todas as matrículas!
60 créditos de optativa já!
Eleições diretas para Diretor e Reitor!

direito

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *