Nota de resposta do DCE ao comunicado da reitoria sobre a calourada 2013

06 de fevereiro de 2013, 00:14

Compartilhe:

Hoje, 05/02, a reitoria da USP veiculou um comunicado oficial em seu site (http://www.usp.br/imprensa/?cat=5) declarando a liberação formal para a realização do show da calourada unificada no velódromo do CEPE-USP. Tal declaração veio à tona após o DCE publicizar a dificuldade que vinha encontrando para obter tal resposta, ainda que, há 3 semanas, já houvesse requisitado tal liberação (http://tinyurl.com/c3w4zpd e http://tinyurl.com/cjf6th9).

Entretanto, nesse mesmo comunicado, a reitoria afirma que “o referido grupo”, ou seja, o DCE-Livre, “assumirá a responsabilidade por toda a realização e organização, bem como providências necessárias à segurança e proteção dos participantes, em consonância com a legislação em vigor.”

O DCE informa que, desde o início da organização da calourada unificada 2013, temos seguido todas as exigências de segurança requisitadas pela USP, prevendo, para o evento do show, a avaliação do local da festa, a contratação de equipes de segurança, de ambulâncias e médicos e todas as demais normas. Entendemos que essas exigências são justas e fazem parte de uma preocupação necessária para a realização de eventos desse porte dentro da universidade. Esse tipo de responsabilidade é urgente, sobretudo em um momento de comoção nacional como o que vivemos após o lamentável episódio em Santa Maria (RS).

O DCE já manifestou e segue manifestando seu comprometimento com a garantia da segurança para a realização do evento. Entretanto, consideramos que seja, por motivos óbvios, responsabilidade também da USP, enquanto instituição, a garantia de segurança para realização do show da calourada. A universidade deve estar preparada para receber atividades culturais e de confraternização garantindo as condições necessárias para isso, financiando e garantindo a segurança e a proteção para os eventos realizados dentro de seu espaço físico. No caso da calourada unificada 2013, não basta que o local para a realização do show seja concedido. É preciso a garantia do financiamento de equipamentos e equipes de segurança, ambulância, limpeza, assistência técnica etc. Caso contrário, continua em jogo um cerceamento da possibilidade do movimento estudantil realizar o show de recepção aos calouros.

Desde que os estudantes organizam autonomamente a recepção dos calouros à universidade, a realização da calourada, com seus debates e eventos culturais, incluindo o show, sempre aconteceu de maneira a garantir as condições de segurança, proteção e conforto para participação de todos, objetivo para o qual a universidade, enquanto instituição, nunca fugiu de suas responsabilidades. No ano de 2013, não podemos admitir que seja diferente.

Gestão “Não vou me adaptar!” – DCE-Livre da USP

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *