Todos ao Ato do dia 16/05: Contra os Processos e pela Democratização das Universidades Paulistas

13 de maio de 2012, 23:53

Compartilhe:

Desde Abril o número de processos contra estudantes só aumenta. Eles já somam quase 80 e estão baseados num regimento interno da USP datado de 1972, auge da repressão da ditadura em nosso país. Os processos não implicam em somente expulsão,  mas eliminação dos estudantes, o que significa nunca mais poder estudar, fazer pós graduação ou trabalhar na USP.

A perseguição atinge estudantes, funcionários (a diretoria do SINTUSP) e atualmente até professores. A ADUSP, Associação de Docentes, corre o risco de punimento apenar por contestar as prioridades dos gastos da verba da USP.

Nas outras Universidades Paulistas não é diferente. Muitos estudantes são perseguidos e criminalizados por lutarem contra a precarização de sua Universidade, por mais verbas, e por permanência estudantil.

Mas quem decide tudo isso? Acreditamos que para invertermos esse quadro, devemos questionar, prioritariamente, como essas decisões são tomadas nas Universidades.

Na próxima Quarta Feira, dia 16/05, acontecerá um ato unificado das Universidades Estaduais Paulistas contra os processos à estudantes, funcionários e professores, por mais verbas para a permanência estudantil e pela democratização das Universidades!

Concentração às 09h, em frente à Reitoria da USP, às 10h caminharemos em direção ao local do inquéritos na Av. Vital Brasil. Depois disso, às 14h, voltaremos para a Reitoria, para um ato-debate sobre a questão dos processos e a democratização das estruturas de poder das Universidades.

 

Evento no Facebook 1:https://www.facebook.com/events/354785494586286/

Evento no Facebook 2: https://www.facebook.com/events/129995353801735/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *