Nota – Cotas na USP já!

09 de maio de 2012, 01:10

Compartilhe:

A Universidade de São Paulo é uma universidade racista. O número de estudantes negras e negros (e nem se fala em professores!) é baixíssimo na USP, principalmente se comparado com o quadro geral do estado e do país. A ausência de qualquer apoio para o Núcleo de Consciência Negra da USP, que está completando 25 anos de existência; o fato de o debate sobre acesso e permanência só ser tratado de maneira periférica são apenas algumas provas disso.

O recente julgamento do STF, sobre a constitucionalidade das cotas raciais só reafirma que tais cotas são necessárias para a construção da democracia e para o combate ao racismo. Um corpo discente com mais diversidade é sinônimo de uma universidade mais pública e mais democrática.

O movimento estudantil da USP se coloca lado a lado do Movimento Negro na reivindicação por Cotas Raciais nas Universidades, em especial na nossa própria.

São Paulo, 05 de maio de 2012

Assinam
DCE-Livre da USP
XXI de Outubro
CAGESA
CEUPES
CAER
CAF
DA de Lorena
CAELL
CNUTRI
SACIM
CAASO
CALC
SAPA
CAHIS
CARB
CABIO
CAP
GUIMA

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *