Assembleia Geral dos Estudantes da USP na terça-feira

31 de outubro de 2011, 15:48

Compartilhe:

Neste ano, em diversos momentos, o debate da segurança no campus Butantã veio à tona. Após a ocorrência de casos de violência, a reitoria da universidade assinou com a Polícia Militar e a Secretaria de Segurança Pública um convênio de 5 anos, consolidando a presença da PM no campus.
No entanto, desde então, a Polícia Militar tem feito ostensivas rondas também internamente aos prédios, gerando um clima de desconforto. Na última quinta-feira (27/10) a PM abordou três estudantes na Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas. Segundo a polícia, eles estavam portanto alguns gramas de maconha. Porém, a maneira da abordagem policial gerou o descontentamento de diversos professores, estudantes e funcionários que possavam pelo local, instalando um clima de indignação. Contra a manifestação, bombas de efeito moral, estilhaços, cassetetes e sprays de pimenta foram usados para dispersar a comunidade acadêmica. Em assembleia feita após o ocorrido com cerca de 400 estudantes foi deliberado a ocupação da administração da FFLCH. Desde então, este debate se espalhou pelos diferentes cursos da USP Todos buscam entender o ocorrido e formar sua opinião.
O Diretório Central dos Estudantes da USP acredita ser muito importante que tod@s estudantes possam participar desse debate, de forma ampla e coletiva. Não apenas para expressarmos nossa opinião sobre a questão da segurança, mas sobretudo para aproveitarmos o momento e organizar os estudantes, dos mais diversos cursos, em torno de uma saída coerente e democrática para falta de segurança no Campus. Com esse objetivo chamamos tod@s a participarem da Assembleia Geral dos Estudantes da USP, amanhã, dia 01 de Novembro, às 18h no prédio da História e Geografia.

Leia aqui nota dos Centros Acadêmicos da FFLCH e do DCE Livre da USP sobre a presença no campus Butantã.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *