Quem tem medo de debater o INCLUSP?

24 de março de 2011, 22:20

Compartilhe:

Em 2006 a USP criou o INCLUSP, programa social que tinha o objetivo de ampliar de 26% a tímidos 30% o acesso de estudantes de escola pública à universidade.

Hoje, em 2011, observamos que as metas do programa não foram atingidas. Isso demonstra a política restrita e antidemocrática de acesso à USP. Sem mexer nessa estrutura, a atual gestão da reitoria ainda quer reformular o projeto do INCLUSP. Segundo consta em documento da universidade: “…são inconcebíveis projetos de inclusão dissociados do mérito, pois eles são de interesse contrário aos esperados pela sociedade paulista, que projetou a USP para ser a instituição formadora da elite acadêmica, científica e cultural do Estado. Com os aprimoramentos propostos para o INCLUSP espera-se que estes ideais estejam cada vez mais próximos da realidade”

O DCE-Livre considera fundamental que a USP tenha um acesso mais democrático. Além disso, é preciso que as questões que envolvem esse assunto, como a possível reformulação do INCLUSP, sejam debatidas com a comunidade universitária antes de serem anunciadas. No dia 31/03 às 9h haverá um ato em resposta a esses fatos em frente à reitoria, onde estará acontecendo uma reunião extraordinária do Conselho de Graduação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *